7 Tendências de RH para o ano de 2020.  O RH está mudando novamente, mas o objetivo permanece o mesmo: ajudar as empresas a ter sucesso.

Por isso, veja as tendências da área para 2020!

Nas empresas contemporâneas, tudo é muito dinâmico e acelerado, levando muitos profissionais a pensarem cada vez mais a respeito de como será o futuro do trabalho!

Afinal, todo ano muitas coisas mudam e é preciso estar preparado para as novidades que envolvem o mercado de trabalho.

7 Tendências de RH para o ano de 2020

Sendo assim, neste artigo você irá conferir sete tendências de RH para 2020 (até porque, já estamos em novembro e não há tempo a perder). Tenha uma ótima leitura!

Mentalidade tecnológica

Não é preciso continuar dizendo que a IA (inteligência artificial) está chegando.

A IA já está aqui e existem vários aplicativos de tecnologia de RH com infusão de IA para praticamente todas as funções de RH.

Então, em vez de profissionais de RH perguntarem quando será usada esse tipo de tecnologia, é, na verdade, hora de perguntar como será a preparação dos colaboradores para este futuro.

Porque se há algo nesse futuro que parece bastante certo, é que os profissionais de Recursos Humanos estarão usando mais e mais tecnologia (orientada à IA).

Portanto, a força de trabalho desse setor precisa começar a pensar na tecnologia como algo que facilita suas vidas.

Uma ferramenta que assume a maioria das tarefas tediosas que eles não querem realizar de qualquer maneira e libera seu tempo para outras coisas.

Em suma, é hora de criar uma mentalidade pró-tecnologia entre os chefes e funcionários.

7 Tendências de RH para o ano de 2020 1

O inglês continua a ser dominante em negócios internacionais

Quando as empresas crescem, se fundem e adquirem um nível global, o inglês continua sendo a língua de mais importância.

Até porque, o idioma é falado por uma em cada quatro pessoas no mundo. 

O inglês é falado nativamente em mais de 60 nações e, uma curiosidade: quando a Nestlé, a empresa suíça de chocolates, aplicou o inglês como padrão da empresa, viu melhorias na eficiência nas compras e contratações. 

Por isso, saber outros idiomas (inglês, espanhol, francês, alemão…) será cada vez mais imprescindível.

Gerenciamento de desempenho contínuo

As análises de desempenho costumavam ser realizadas uma vez ao ano e determinavam o aumento anual de um funcionário.

A partir dos próximos anos, não mais.

À medida que os trabalhos continuam a se tornar mais autônomos e as decisões são tomadas de baixo para cima, as empresas percebem que as reuniões individuais entre gerente e funcionário ajudam a mover os projetos mais rapidamente. 

A gerência não deve ser um obstáculo, mas um facilitador.

Dessa forma, a maioria dos gerentes realizará reuniões pessoais semanais ou quinzenais, a fim de impedir que empecilhos ocorram. 

Gamificação

A Gamificação vem trabalhando em todos os tipos de indústrias.

E é previsto para 2020 (e também nos próximos anos) que ela seja usada como uma maneira de selecionar candidatos, transformando os testes em uma maneira divertida de medir personalidades e habilidades. 

Treinamento online

À medida que o treinamento e o aprendizado se tornam parte essencial de todas as funções, o aprendizado online permitirá o aprendizado no local de trabalho, quando necessário.

Usando smartphones e tablets, por exemplo, os funcionários poderão acessar as informações de que precisam quando e onde precisam. Isso reduzirá custos e aumentará resultados.

Chatbots

Os chatbots já estão sendo usados ​​no atendimento ao cliente, no suporte técnico de TI e em análises.

E, até 2020, veremos uma maior dependência dos chatbots, especialmente como uma maneira de ajudar os funcionários no processo de integração. 

O desafio? Reunir uma lista de perguntas frequentes em um programa de chatbot.

O benefício? A longo prazo, ter um campo de robô com perguntas frequentes de Recursos Humanos (como benefícios, remuneração, aposentadoria…) pode liberar e otimizar o tempo do profissional RH para realizar ações em outro lugar.

Bem-estar

O bem-estar é muito mais do que uma sessão semanal de yoga no escritório ou um almoço saudável de quarta-feira.

É a saúde física, mental e financeira de todos os colaboradores que precisam ser levadas em conta.

E, como tal, a condição número um quando se trata de preparar sua força de trabalho para o futuro.

Afinal, se os funcionários não estiverem bem, eles não serão capazes de fazer seu trabalho da melhor maneira possível.

Daí a crescente importância das empresas em pensarem no bem-estar dos colaboradores.

Leia ainda   10 experiências culinárias mais desejadas

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here