“E se os meus Retalhos fossem de Cetim?”

0
358
marcello furtado, eulalia figueiredo, na midia, uiara zagolin

Centro  da  Música Carioca  Artur da Távola (participação especial de  Paulo César Feital, ganhador “Estandarte de Ouro”)

marcello furtado, eulalia figueiredo, na midia, uiara zagolin

Admirador de Benito di Paula, o cantor e compositor MARCELLO FURTADO irá prestar uma homenagem ao  grande compositor  no dia 15 de setembro, às 19h30, no Centro da Música Carioca Artur da Távola, Sala Paulo de Moura, com um espetáculo  exclusivamente costurado por algumas de suas canções  mais emblemáticas. Músicas que falam de amor, do universo feminino,  de vida, arte, e  com hits que marcaram a carreira deste artista brilhante e atemporal. Baseado no título de um  dos seus maiores sucessos, “E se  os meus retalhos  fossem de cetim?”  relembrará momentos de uma carreira construída com melodias, letras e harmonias apropriadas para uma época em que tais ingredientes eram fundamentais na conquista de um público  acostumado à músicas de qualidade e com o melhor da MPB. Com uma voz  aveludada, afinadíssimo,  e  uma trajetória que  inclui  passagens por bandas, incursões em formato solo e até musicais famosos, MARCELLO FURTADO têm todos os requisitos necessários para interpretar  a bela obra de  Benito,  sem macular o repertório deste ícone de nossa músicas. Tudo, naturalmente, com personalidade e releituras absolutamente pessoais.

O espetáculo a ser apresentado em uma das casas de espetáculo mais conhecidas da Tijuca, no Rio, tem direção geral da cantora, compositora e amiga Telma Tavares, e contará com a participação especial do compositor e poeta Paulo César Feital. Feital,autor de inúmeras pérolas da música brasileira como, por exemplo, “Saigon” (é um dos  autores da  canção imortalizada por Emílio Santiago), ganhou, recentemente, o “Estandarte de Ouro”, de O Globo, pelo samba da Unidos do Viradouro “Alabê de Jerusalém”.PC Feital também foi um dos autores do samba que a Mocidade Independente de Padre Miguel levou para a Avenida neste último carn aval.

No repertório de “E se os meus retalhos fossem de cetim?“, onde MARCELLO FURTADO será acompanhado por um trio formado de baixo, piano e bateria,  músicas como : “Retalhos de Cetim”, “Ah, como eu amei”, “Bandeira do Samba”, “Mulher Brasileira”, “Charlie Brown”, “Maria, baiana, Mariá”, “Do jeito que a vida quer”, “Osso duro de roer”, “Tudo está no seu lugar” dentre inúmeras outras. O Centro da Música Carioca Artur da Távola fica no endereço: Rua Conde de Bonfim, 824 – Tijuca,- telefone(21) 3238-3831 Os ingressos custarão apenas R$20,00 e R$10,00.
Marcello Furtado, dados biográficos

Cantor e compositor que já está na estrada há alguns anos, MARCELLO FURTADO tem personalidade, carisma e um compromisso com a qualidade musical. Foi integrante do Fina Stampa, conjunto que foi indicado ao Prêmio Sharp, em 96, na categoria “Grupo de Samba”. Marcello também emprestou sua voz para homenagear Noel Rosa no projeto “Coisas Nossas“. O artista também é um dos responsáveis pelo sucesso do Lapa 40º Graus, de Carlinhos de Jesus, onde atuou, por mais de oito anos, com a Banda Sygnus  (com a qual se apresenta, esporadicamente, até hoje). Por falar em Banda Sygnus, em junho de 2007, a gravadora LGK/EMI convidou MARCELLO FURTADO para ser o diretor musical do projeto “O Baile – Dança de Salão”, ao lado da Signus. O show, gravado no Canecão – RJ, teve participações de Beth Carvalho, Luiz Melodia, Tânia Alves, Trio Virgulino, Léo Maia e Karla Sabah, e o  projeto foi lançado em CD e DVD.

MAARCELLO FURTADO, paralelamente e além  dos projetos pessoais, também sempre foi  muito solicitado para participar de vocais e gravações com grandes artistas, como Alceu Valença, Alcione, AraKetu, Jorge Aragão, Joanna, Dudu Nobre, BocaloKa, Leandro Sapucahy, Marcelo D2, Beth Carvalho, além de participar, há mais de 15 anos, do coro que figura no CD do Grupo Especial das Escolas de Samba do Rio de Janeiro

Desde menino, os dotes musicais de MARCELLO afloraram. Aos doze anos já era integrante da Ala de Compositores do Bloco Xodó da Piedade. Mais tarde, foi convidado para pertencer à Ala de Compositores do G.R.E.S. Unidos de Vila Isabel. Suas participações em festivais de música renderam  diversos prêmios, como intérprete e compositor. Um dos mais importantes foi o Festival da Universidade Gama Filho,  do qual foi vencedor com o samba “Crioula Dengosa”.

No inicio dos anos 90, MARCELLO foi convidado para cantar no Café Nice, uma das casas mais badaladas da noite do Rio de Janeiro, do então famoso circuito Chico Recarey. Logo em seguida, Oswaldo Sargentelli o convidou para participar, como cantor, do seu famoso  “Show de Mulatas”.

S  E  R  V  I  Ç O
“E se os meus Retalhos fossem de Cetim?” – com Marcello Furtado 

(Participação especial: Paulo César Feital (compositor, poeta, ganhador “Estandarte de Ouro”)
Centro da Música Carioca Artur da Távola – Sala Paulo Moura
Dia 15 de setembro, 19h15m

Rua Conde de Bonfim, 824 – fone –  3238 3831 – Tijuca
Ingressos – R$20,00 (inteira) e R$10,00 (meia)
Direção geral – Telma Tavares 

 

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here