Angela Maria canta Roberto Carlos em única apresentação

O Bar do Nelson – o Bar do Boêmio destaca em sua programação de outubro, a imperdível apresentação da cantora Angela Maria,

0
50
angela maria-namidia-uiara zagolin-foto divulgação

O Bar do Nelson – o Bar do Boêmio destaca em sua programação de outubro, a imperdível apresentação da cantora Angela Maria, uma das vozes icônicas da música brasileira. Em única apresentação, na noite de 26 de outubro, a cantora apresentará seu novo trabalho que homenageia o rei Roberto Carlos.

Com cerca de 60 minutos de duração, o show “Voz & Violão”, mostrará a diva acompanhada por um dos maiores violinistas do Brasil, Ronaldo Rayol. No repertório uma seleção de canções que fazem parte da carreira do Rei e também clássicos da trajetória musical de Angela Maria.

Um momento ímpar. Amo minha querida Angela Maria e será um presente para os clientes do Bar do Nelson. Como costumo dizer, uma noite imperdível ao som de uma das maiores vozes da música brasileira”, afirma a presidente da Rede Biroska, Lilian Gonçalves.

Serviço:

Bar do Nelson

Local: Rua Canuto do Val,83

Quando: 26 de outubro, quinta-feira

Horário: a partir das 20h

Reservas e informações: 11 3224-0586

Sobre Angela Maria

Angela Marianome artístico de Abelim Maria da Cunha (Macaé13 de maio de 1929), é uma cantora e atriz brasileira, considerada um dos maiores nomes da música brasileira, além de ser uma das artistas que se encontra há mais tempo em atividade.

Intérprete de canções como “Babalu” (Margarita Lecuona), “Gente Humilde” (Garoto/Chico Buarque/Vinicius de Moraes), “Cinderela” (Adelino Moreira) e “Orgulho” (Waldir Rocha/Nelson Wederkind), serviu como fonte de inspiração para artistas como Elis ReginaDjavanMilton NascimentoNey MatogrossoCesária Évora e Gal Costa, além de ter sido, comprovadamente pelo Ibope, por um longo período, a cantora mais popular do Brasil e conquistado a admiração de personalidades como Edith PiafGetúlio VargasJuscelino KubitschekAmália Rodrigues e Louis Armstrong.

A cantora nasceu em Macaé, no distrito de Conceição de Macabu, que na época de seu nascimento fazia parte de Macaé, mas que anos depois foi emancipado e se tornou oficialmente a cidade de Conceição de Macabu. De família muito humilde, sua mãe era dona-de-casa e seu pai, pastor de igreja evangélica. Por conta disso, desde criança cantava no coral de uma Igreja Batista próxima a sua casa. Com isso, foi aprendendo a amar a música e o universo das melodias. Durante sua infância e adolescência, devido a dificuldades financeiras, morou nas cidades de NiteróiSão Gonçalo e São João de Meriti, pois a família estava em busca de uma vida melhor em cidades com mais recursos. Durante sua juventude trabalhou em uma fábrica de lâmpadas e foi operária tecelã em uma indústria de tecidos, mas sempre quis ser cantora, sonhava em ir para as rádios e fazer sucesso, mas seu pai era contra por ser muito religioso, querendo que a filha se convertesse na igreja evangélica e casasse cedo, mas ela não tinha desejo de viver assim, e foi atrás do seu grande sonho, que era cantar

Deixe uma resposta