Gloria Pires no 19º Festival Internacional de Cinema

GLORIA PIRES SE HOSPEDA NO CONRAD PARA O 19º FESTIVAL INTERNACIONAL DE CINEMA DE PUNTA DEL ESTE

0
321

O Enjoy Conrad Punta Del Este recebe Gloria Pires para coletiva de imprensa

A atriz viajou para o Uruguai para o 19º Festival Internacional de Cinema de Punta Del Este e foi homenageada pela trajetória de sua carreira.

Sobre Glória Pires

Estreou na televisão com apenas cinco anos de idade, em 1968, na telenovela A Pequena Órfã, da TV Excelsior.

Depois, em 1972, trabalhou ao lado do pai e do humorista Chico Anysio em Chico City, ainda na época da TV em preto e branco.

Na década de 1970 participou de alguns programas da linha de shows da Rede Globo, como Satiricom, Faça Humor, Não Faça Guerra e Chico em Quadrinhos.

Participou ainda de mais duas novelas, ambas assinadas por Janete Clair, O Semideus (1973) e Duas Vidas (1976).

Fez o seu primeiro papel marcante na história das telenovelas em Dancin’ Days (1978), de Gilberto Braga.

Interpretando a mimada Marisa de Sousa Mattos, criada pela tia, a socialite Iolanda Pratini (Joana Fomm).

Seu ótimo desempenho na trama, rendeu-lhe o papel de protagonista da novela Cabocla (1979), de Benedito Ruy Barbosa.

Participou de uma única peça de teatro, o infantil “Era Uma Vez Uma Gata” em 1979.[3]

Na década de 1980 integrou o elenco de diversas produções, entre elas:

Importante ressaltar que, a atriz queria tanto interpretar a personagem Ana Terra que pediu ao diretor Daniel Filho para desempenhar o papel.

Outra contribuição na TV foi em Vale Tudo, que mostrou o Brasil de forma tão realista.

Na trama, destacou-se como a vilã Maria de Fátima e levou o título da “filha mais ingrata da televisão”.

 

 

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here