COMANDO GERAL DA POLÍCIA MILITAR DO RIO presta homenagem à lideranças de religiões de matriz africana, no Centro do Rio.

A Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro realizou pela primeira vez, nos seus 209 anos de história, celebração religiosa de matrizes africanas, com diversas lideranças presentes, no dia 21 de dezembro, no salão nobre do Quartel General da Polícia Militar.

Uma grande homenagem às Comunidades de Matriz Africanas e Afro brasileiras (Umbanda , Candomblé  e Ifá ).

Uma roda de conversa foi  composta com o Coronel Laviano, Comandante Geral da PMRJ, o Corel Ubiratan Ângelo apoiador e um dos organizadores do evento, Prof. Dr. Babalawô Ivanir dos Santos, interlocutor da CCIR – Comissão de Combate à  Intolerância Religiosa do RJ, Sra. Desembargadora Ivone Caetano da Corregedoria Unificada, Mãe Fátima Damas representante da Umbanda/interlocutora da CEUB, Babálorixa Elias D Yansã, representando a Nação Efon,  Sra. Conceição D’ Lissa – Nação  Djedje, Tateto Osvaldo D Mutalê representante Nação  Angola,  Iyalorixa Paula D Odé Nação Neto, entre outros.

 “Sem sombra de dúvida, um marco importante para o fortalecimento das resistências e abertura para o diálogo sem preconceito, em prol das diversidades e pluralidade”, atestou Ivanir dos Santos/CCIR.   

A reunião contou com a presença de policiais militares e familiares que são adeptos da Umbanda e do Candomblé, e com direito à cantorias e danças.

Uma verdadeira celebração pela fé

“Esperamos que como essa, comemoração simbólica, possamos a cada vez mais ampliar as nossas ações em prol da liberdade religiosa.”, completa Ivanir  

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here