Quem procura por roupas para trabalhar, não pode deixar de conferir as opções de alfaiataria disponíveis no mercado.

Peças deste tipo são imprescindíveis no armário de quem está em busca de transmitir uma imagem profissional e sempre elegante.

Neste artigo, falaremos um pouco sobre a tendência das peças de alfaiataria, faremos sugestões sobre a forma de utilização de alguns itens e a mostraremos como combinar as peças que você já tem no seu armário com os novos artigos a serem arrematados.

Quer saber mais? Leia abaixo!

História: o que é uma roupa de alfaiataria?

Como o próprio nome sugere, costumava ser uma peça feita com um alfaiate, sob medida e com corte, modelagem e cores escolhidos pelo cliente em questão.

A risca-de-giz e o xadrez eram padrões bastante comuns em peças desta ordem.

Com a modernização dos processos de criação de roupas e as alterações no mundo da moda, diversas companhias começaram a oferecer peças inspiradas no conceito original, ou seja, com caimento de qualidade, tecidos estruturados e corte reto.

Abotoamentos, barra italiana e acabamentos refinados ainda fazem parte do conceito das peças de alfaiataria e são mimetizados nas peças padronizadas.

Embora o resultado não seja exatamente igual ao que seria obtido com um alfaiate, as peças são igualmente atraentes – e, graças ao processo de produção, são normalmente mais baratas.

Quais são as peças de alfaiataria mais utilizadas?

Abaixo elencamos algumas peças de alfaiataria que podem ser utilizadas no ambiente de trabalho.

Ternos

Embora boa parte das pessoas associe o terno ao armário masculino, existem versões ajustadas da peça que caem excepcionalmente bem em mulheres – e são, além disso, bastante chiques.

Para as mais ousadas, é possível utilizar o terno sem camisa, apenas com um sutiã estruturado, dando destaque à região do colo.

Para quem prefere manter a discrição, vale combinar a peça com uma blusa branca de babados ou com uma camisa formal.

A maquiagem e os acessórios podem variar. Em geral, como é uma peça utilizada em ambientes formais, funciona com brincos e colar discretos, de materiais nobres, e com maquiagem simples: base, sombra marrom, um toque de blush e batom nude são o bastante.

Casacos e Blazers

É possível encontrar casacos e blazers de alfaiataria em diversas cores, com abotoamentos duplos e acabamento impecável.

São peças coringa de qualquer guarda-roupas feminino e fazem sucesso em especial durante o outono e o inverno.

Para garantir a elegância do visual, é possível combiná-los com um vestido um pouco mais justo.

Uma calça de alfaiataria preta e uma blusa de babados ou camisa lisa também funcionam bem neste tipo de produção.

Vale utilizar acessórios mais enxutos e maquiagem discreta, mas bem feita. Batom nude e olhos iluminados funcionam muito bem.

Calças

Bastante versáteis, as calças de alfaiataria podem ser utilizadas no ambiente de trabalho, mas também são aliadas em visuais mais informais.

No cotidiano de um escritório, por exemplo, podem ser combinadas com camisas de linho ou tecido nobre, funcionam com blazers e até mesmo com peças mais básicas, uma vez que dão um “up” na produção por si só.

Vestidos

Elegantes, são uma excelente opção para pessoas que trabalham em ambientes bastante formais, como escritórios de advocacia, secretarias e empresas de grande porte.

O preto é a melhor opção, uma vez que é discreto e alonga a silhueta. Peças em cinza, marrom, azul-escuro ou mostarda também são adequadas, desde que sejam bem estruturadas, de comprimento adequado e sem decotes profundos.

Peças de alfaiataria para arrasar no trabalho

Podem ser combinados com sapatos fechados, de salto pequeno ou grande, e utilizados com ou sem meia-calça.

Neste caso, vale combinar os vestidos com cintos discretos, joias delicadas e blazers.

Uma dica interessante: para utilizar o mesmo vestido várias vezes, mude o casaco, troque o sapato ou coloque sobre uma ele uma blusa, por exemplo.

Camisas

Feitas com material nobre e estruturado, elevam a elegância de qualquer produção.

Camisas de alfaiataria podem ser utilizadas com calças um pouco mais justas, vincadas, igualmente bem feitas.

As cores variam de acordo com o ambiente. Em geral, o branco é sempre uma boa escolha, mas cores sóbrias também podem ser usadas. Padronagens diferenciadas costumam elevar a elegância das peças.

Podem ser combinadas com peças um pouco mais justas, desde que sejam menos reveladoras.

Em ambientes de trabalho, vale dar menos ênfase às curvas, apenas para respeitar o dress code.

Se houver brecha para experimentação, não tenha medo. Só existe uma regra no mundo da moda: o bom senso deve imperar em qualquer produção

Leia também Jaqueta de couro: o coringa do guarda-roupa masculino

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here