Primeira visita de um membro da família real britânica a Israel

Na primeira visita de um membro da família real britânica a Israel, o Príncipe William esteve na OrCam, startups que usa o poder da visão artificial e da tecnologia vestível para ajudar pessoas com deficiência visual, déficit de leitura, dislexia e síndrome de down.

1
991

Príncipe William visita a OrCam durante viagem histórica a Israel

Na primeira visita de um membro da família real britânica a Israel, o Príncipe William esteve na OrCam.

Startups usa o poder da visão artificial e tecnologia vestível para ajudar pessoas com deficiência visual, déficit de leitura, dislexia e síndrome de down.

A OrCam foi fundada por Amnon Shashua, professor da Universidade de Jerusalém e pelo empreendedor Ziv Aviram, atual CEO da empresa.

Em 1999, eles idealizaram um carro autônomo, que não causasse acidentes e garantisse segurança ao volante ao criarem a startup Mobileye.

Durante suas pesquisas, os sócios conseguiram desenvolver um algoritmo que possibilita a detecção de objetos no campo da visão de uma câmera.

Em 2010, a tecnologia de inteligência artificial criada por eles foi aplicada para humanos surgindo a OrCam.

Com um valor de mercado de 1 bilhão de dólares, a OrCam pretende realizar IPO até o final de 2018.

Outras startups com tecnologias assistivas visitadas pelo duque de Cambridge foram:

ReWalk – Este sistema incrível, criado pelo cientista e tetraplégico israelense Dr. Amit Goffer.

Este sistema permite movimentos acionados no quadril e nos joelhos para possibilitar pessoas lesionadas na medula espinhal fiquem de pé e andem.

Este é o único exoesqueleto que foi aprovado pelo FDA depois de muitos estudos clínicos e exaustivos testes de desempenho.

MyndLift está desenvolvendo jogos interativos para crianças e adolescentes com dificuldades de atenção e concentração.

 

AlgoBrix desenvolveu um jogo de programação para ensinar os fundamentos de programação e robótica para crianças usando peças de Lego com funções inteligentes.

OrCam MyEye, tecnologia revolucionária

Dotado de uma câmera inteligente intuitiva acoplada à armação dos óculos do usuário.

O aparelho desenvolvido pela OrCam fotografa, escaneia e transforma instantaneamente textos de qualquer superfície em áudio.

Isto acontece com livros, jornais, revistas, placas de rua, cardápios de restaurantes, nomes de lojas, mensagens do celular, folhetos etc.

Disponível em português e inglês, OrCam MyEye possui controle de velocidade, permite escolher voz masculina/feminina.

Tudo isso offline.

É a única tecnologia que reconhece até 200 produtos previamente cadastrados.

Após o reconhecimento, retransmite a informação discretamente no ouvido do usuário.

O equipamento conta ainda com uma tecnologia avançada de reconhecimento de faces que auxilia o usuário a identificar as pessoas ao seu redor.

É possível cadastrar até 150 rostos.

Sempre que o usuário passar por uma pessoa cadastrada, o dispositivo reconhece o nome de maneira instantânea e automática, revelando quem está à sua frente.

Além disso, detecta as pessoas por gênero quando não estão cadastradas.

O OrCam MyEye identifica produtos por meio de códigos de barra; reconhece cores com um simples toque; e opera também no escuro.

Possui reconhecimento de notas de dinheiro (Real e Dólar) e informa a hora e a data sempre que o usuário girar o punho, como se estivesse com um relógio.

Sua bateria integrada tem duração contínua de 2 horas e necessita de apenas 20 minutos para o carregamento.

O OrCam My Eye pode ser financiado em até 60 vezes pela linha de crédito do Governo Federal para tecnologias assistivas, através do Banco do Brasil.

 

1 COMMENT

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here