Quartier des Spectacles exemplo de reurbanização. Quartier des Spectacles, bairro boêmio da cidade de Montreal, Canadá, recebeu, recentemente, um programa de reurbanização que se tornou modelo para outros locais com total vocação artística.

Em Quartier des Spectacles, organizam-se inovadoras instalações urbanas que apresentam moderníssimo design de iluminação que cria atmosferas surpreendentes em  ambientes abertos.

O objetivo do projeto foi requalificar o espaço urbano, mantendo sua vocação como ponto de grandes apresentações artísticas e culturais, resultando na permanência dos artistas já moradores.

Está localizado no centro da cidade, com cerca de 250.000 m² de área construída num espaço de 31 hectares.

Tradição Artística

Sua tradição artística é proveniente da instalação de teatros no início do século XIX e por cinemas no século XX.

Entre as décadas de 1020-1060, a cidade atraiu inúmeros visitantes que buscavam fácil diversão em cabarés e turismo de cunho sexual, devido aos livres pontos de prostituição ali existentes.

Isso fez com que o bairro ficasse conhecido como “Distrito da Luz Vermelha”.

Consequentemente, houve aumento da criminalidade e ilicitude com as casas de jogos de azar.

O resultado disso foi a degradação do bairro. Mas foi na década de 1960 que o bairro começou a passar por transformações e por modernização, abrigando diversos artistas.

Quartier des Spectacles exemplo de reurbanização
Quartier des Spectacles Foto Ulisse Lemerise

A partir daí, novos estabelecimentos culturais como museus, de ensino e pesquisa, como a Universidade de Quebec, e eventos artísticos como o Festival de Jazz de Montreal ali se instalaram.

É em 2001 que o puder público decide organizar definitivamente essa veia cultural da cidade, melhorando a infraestrutura para abrigar grandes eventos culturais.

Desenho Urbano

Como estratégia de revitalização, foi adotado um desenho urbano que contempla um misto funcional onde lojas, residências e pontos culturais estão lado a lado em fachadas ativas que acolhem as pessoas, sejam moradores ou turistas.

Novos edifícios ou construções de espaços públicos coletivos reforçaram e preservaram as atividades culturais metropolitanas (festivais, cinema ao ar livre, instalações e obras de arte), melhorando, assim, a qualidade do espaço público.

Essa efervescência humana acaba por tornar a vida na cidade mais agradável e segura.

Quartier des Spectacles exemplo de reurbanização

O partido urbanístico do novo Quartier des Spectacles toma por premissa a vocação artística do local, preservando a população existente, criando dinâmica dos eixos centrais, ampliando e/ou criando mais espaços abertos, fomentando a construção de edifícios icônicos e monumentais sem contudo ferir o entorno, incentivando a   criação de grandes espaços de convivência e de realização de eventos públicos a céu aberto.

O interessante desse trabalho é que vários profissionais das diversas manifestações artísticas locais foram consultados.

Portanto, o projeto urbanístico e os projetos arquitetônicos que integram o programa contam com a colaboração daqueles que efetivamente utilizarão o local, mantendo a tradição e a vocação originais.

As consequências dessa intervenção foram a revitalização urbana, a melhoria da qualidade de vida dos habitantes, o incremento da vocação turística, aumento da segurança com mais iluminação e com a ocupação do espaço urbano pelas pessoas.

O Quartier se tornou uma vitrine internacional para arte.

Colaboração: Yasmin Diebe

Leia ainda Existe oportunidade de promoção do Brasil nos EUA

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here