Saiba o que está acontecendo no mercado de trabalho

0
887

O mercado de trabalho esta cada dia mais exigente, não há muitas vagas de emprego, e ainda pouca mão de obra qualificada. Os profissionais não estão qualificados o suficiente para preencher as vagas que o mercado oferece, que por sua vez são poucas.

O excesso de profissionais desempregados, a desqualificação profissional e a alta competitividade tem sido a causa de tanto desemprego nos últimos anos.

O profissional deve avaliar suas qualificações profissionais e se elas estão adequadas à vaga pretendida. Isso se aplica aos cursos e habilidades pessoais do candidato.

O marketing pessoal também é muito importante, pois muitas vezes o seu marketing pode decidir sua vaga.

È importante também à qualificação pessoal como concluir o segundo grau, investir em cursos de informática, descobrir em que área você quer atuar e se profissionalizar, porque a recolocação no mercado de trabalho torna-se mais fácil para aqueles profissionais que investem no seu autodesenvolvimento.

Para quem tem uma baixa renda e não pode pagar um curso, você pode Ler mais, procure palestras, algumas instituições oferecem cursos gratuitos, fique por dentro.

Para quem tem condições de investir no seu conhecimento não perca tempo

Pois o mercado esta procurando pessoas qualificadas e muito bem preparadas Acima de qualquer coisa a força de vontade deve ser fundamental para ser contratado para um novo emprego, pois afinal de contas o índice do seguro desemprego 2019 deverá ser grande ainda..

Não se pode esperar que o emprego caia de repente nas suas mãos É preciso muito esforço, portanto não desista, prepare-se,seja confiante e com certeza será bem sucedido.

Saiba como ter uma boa convivência no trabalho:

 

Nos dias atuais ter uma boa convivência no trabalho está se tornando cada vez mais difícil, mesmo isso sendo algo indispensável, por que não existe nada melhor do que trabalhar onde gostamos e com pessoas que também gostamos a parti do momento que isso acontece o trabalho se torna mais prazeroso, por isso devemos fazer de tudo para evitar desavenças em locais de trabalho.

Muitos dos conflitos no trabalho acontecem pelo fato das pessoas estarem mais abertas para se expressar, ou seja, falamos muitas coisas que não devemos e escutamos também e isso acaba interferindo o nosso desempenho, então o primeiro passo é tentar não se expressar de maneira errada no local de trabalho e não leve as coisas sempre pro lado pessoal.

Criar laços de amizade com os colegas também ajuda a manter a harmonia do lugar, tenha amor pelo que faz e por quem trabalha com você, então procure não criar inimigos no seu local de trabalho, quanto mais amigos melhor assim o trabalho rende e se torna uma coisa agradável de fazer, pois a companhia influencia muito.

Dê sempre o máximo de você durante o trabalho e seja muito responsável, sempre que possível ajude os demais colegas nos seus afazeres isso cria laços e uma cumplicidade, respeite a si mesmo e os seus companheiros, pois respeito nunca é demais e tente mudar em você aspectos que te incomoda, esse será um grande passo para conviver com pessoas diferentes e tudo que for fazer faça de coração assim terá tudo pra ter uma ótima convivência no seu local de trabalho.

Direitos do Trabalhador doméstico:

Você que é trabalhadora Doméstica fique por dentro de todos os seus direitos, que são direitos importantes como todos os outros empregados em instituições privadas ou pública, ao longo dos anos os trabalhadores domésticos foram conquistando os seus direitos, porém muitos ainda exercem a função sem conhecer os direitos que possui.

São Considerados trabalhadores domésticos aqueles que exercem funções como: faxineiro, cozinheiro, vigia, babá, motorista particular, governanta, lavadeira, jardineiro, acompanhante de idosos entre outras funções exercidas em âmbito residencial.

Esses trabalhadores conquistaram vários direitos como:

salário mínimo, irredutibilidade salarial, gozo de férias anuais remuneradas, repouso semanal remunerado, 13° salário, licença maternidade com duração de 120 dias, licença-paternidade, aviso-prévio, aposentadoria e integração à Previdência Social.

Além desses direitos, de acordo com a Lei da Lei n.º 5.859 de 11 de dezembro de 1972, que prevê a inclusão dos empregados domésticos no regime do FGTS e a Lei n.º 11.324, de 19 de julho de 2006, onde os trabalhadores domésticos tem direito a férias de 30 dias, feriados religiosos e civis.

Esses são alguns dos direitos que os Trabalhadores domésticos conquistaram ao longo dos anos!

 

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here