Sales reivindica falta de remédios para transplantados

Deputado cobrou explicações do ministro Ricardo Barros sobre a falta dos medicamentos Tacrolimo e Eculizumabe, conhecido como Soliris, nas farmácias de alto custo

0
624
deputado federal roberto sales-namidia-claudia cataldi -uiara zagolin - foto divulgação

Deputado cobrou explicações do ministro Ricardo Barros sobre a falta dos medicamentos Tacrolimo e Eculizumabe, conhecido como Soliris, nas farmácias de alto custo

Odeputado federal Roberto Sales (PRB-RJ) se reuniu nesta semana com o ministro da Saúde, Ricardo Barros.

Reuniu para cobrar explicações sobre a falta dos medicamentos Tacrolimo e Eculizumabe.

Remédios conhecido pelo nome comercial Soliris, nas farmácias de alto custo.

O parlamentar do PRB explicou a falta dos dois medicamentos.

Têm prejudicado tanto os pacientes transplantados, como os que possuem doenças raras, a exemplo da Síndrome Hemolítico.

O Tacrolimo é usado por pacientes que receberam rins ou fígados em transplante, e tem o objetivo de evitar a rejeição do órgão.

Já o Eculizumabe, também conhecido como Soliris, é indicado para o tratamento de uma doença do sangue e dos rins, a chamada Síndrome Hemolítico.

Sua falta está prejudicando o tratamento de milhares de brasileiros”, apontou Sales.

roberto-sales-prb-defende-ampliacao-do-quadro-de-fiscais-da-receita-federal-foto-socorro-araujo-04-09-17-na midia-uiara zagolin
Foto Divulgação

Barros se comprometeu em atender a demanda apresentada pelo deputado Roberto Sales.

Informou que em relação ao medicamento Tracolimo, houve uma decisão judicial encerrando a parceria com a empresa que produzia o medicamento.

Porém a regularização dos estoques em todo o país já está acontecendo.

Quanto ao Soliris, o ministro informou que enviou o edital para proposta de fornecimento.

A aquisição será para um período de cinco meses. Barros informou que o tratamento anual custa R$ 1,3 milhão por paciente.

Texto e foto: Socorro Araújo / Ascom – deputado federal Roberto Sales

Sobre Roberto Sales

Nasceu 1978 no Rio de Janeiro é casado com Elisa Sales, há 13 anos.

Cresceu fazendo bicos como servente de pedreiro, jardineiro, garçom, balconista, catador de lixo, camelô, vendedor, catador de estrumes, empacotador.

Vislumbrou nos estudos uma possibilidade de mudar e se formou em administração de empresas.

Exerceu atividades em empresas privadas ocupando o cargo de gerência nas áreas de compras, contratos, RH e em meios de comunicação.

Em 2012 foi convidado para se candidatar ao cargo de vereador pelo município de São Gonçalo, sem nunca ter ocupado algum cargo público, conseguindo alcançar 4.044 votos.

Nas eleições de outubro de 2014, o parlamentar foi eleito deputado federal pelo Partido Republicano Brasileiro (PRB).

Onde atua em prol dos profissionais da pesca, ampliação da doação de órgãos e acesso ao primeiro emprego para os jovens.

O seu gosto pela política começou acompanhando o seu pai, fã de Brizola, nas Diretas Já e nas convenções do PDT quando ainda criança.

Em 2013, como reconhecimento do seu trabalho e dedicação, Roberto Sales é convidado a assumir a Secretaria Municipal de Pesca.

Em sua gestão como secretário, a maior preocupação era elaborar projetos que beneficiassem o pescador artesanal e a população Gonçalense.

Em 13 meses, como secretário fez diversas ações que trouxeram benefícios para a população.

Entre elas o caminhão de peixes nos bairros oferecendo peixe a preços populares.

Visionário, em pouco tempo, também, elaborou o projeto do Mercado Municipal de Peixe e Complexo Pesqueiro de São Gonçalo.

A obra, estimada em R$11 milhões de reais, contará com um aquário de 09 metros.

Um farol, restaurantes, cursos profissionalizantes, posto médico, centros de pesquisa.

E outras atrações que permitirão ao complexo se tornar um pólo turístico e cultural na região do Conleste.

Diante da sua experiência de vida, Roberto Sales busca ajudar ao próximo e, por isso, há 17 anos atua na ressocialização de jovens, visita hospitais, abrigos, asilos e instituições voltadas para assistência social e a frase que melhor sintetiza essa vontade de ajudar ao próximo é:

“Só tem uma forma de saber a necessidade das pessoas: ouvindo-as”, mas para te ouvir e te ajudar, ele precisa que você se una a ele.

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here